A oftalmologia veterinária é uma especialidade da medicina veterinária, que investiga, diagnostica e trata doenças relacionadas ao bulbo ocular e seus anexos (glândulas, pálpebras, e conjuntivas) além das alterações das vias da visão.

   Muitas vezes, além de causar dor para o paciente, as doenças oculares podem refletir ou sinalizar outras doenças sistêmicas, que trazem risco à vida dos animais. Com o auxilio do profissional oftalmologista veterinário, estas doenças podem ser diagnosticadas precocemente, aumentando as chances de cura. Nos últimos anos esta especialidade evoluiu de maneira importante e hoje é parte indispensável de qualquer equipe de médicos veterinários.

   Nos animais domésticos as doenças oftálmicas ocorrem freqüentemente, podendo ser adquiridas durante a vida ou possuir origem genética. Estas se manifestam através de sinais (sintomas) que podem ser detectados pelo exame oftálmico ou exames complementares. O oftalmologista veterinário dispõe de  equipamentos modernos, o que aliado à sua experiência clínico cirúrgica, possibilita a realização de um  diagnóstico preciso e detalhado, acarretando na implementação de tratamentos mais eficazes e, por consequência, em um prognóstico favorável ao paciente. Entretanto, algumas vezes, os pacientes são encaminhados tardiamente ao veterinário especializado, prejudicando o processo.

   Assim, fica evidente a importantância de que o clínico geral do animal ou ainda, o seu proprietário, identifiquem precocemente sinais que possam sugerir alguma oftalmopatia, tais como: olho vermelho, secreção ocular, dor, coceira ou espasmo oculares, alterações na cor dos olhos, e perda visual e, ao detectar qualquer destes sinais, encaminhe o paciente ao profissional especializado o mais cedo possível, evitando possíveis seqüelas que comprometam a visão, causem dor ou até mesmo que levem à cegueira irreversível.

 

   Algumas curiosidades:

 

  • No cão, o olho vermelho, na maioria das vezes, NÃO é sinônimo de conjuntivite.

  • Úlceras de córnea não tratadas rapidamente podem agravar-se levando até à PERFURAÇÃO.

  • No glaucoma, uma pressão intra-ocular muito alta durante aproximadamente 48 HORAS é suficiente para levar à cegueira permanente.

  • A cirurgia de catarata pelo método de facoemulsificação tem melhores resultados quando realizada nos estágios INICIAIS da doença.

© 2014 ProOftalmoVet

 

OFTALMOLOGIA VETERINÁRIA

  • Facebook - White Circle